Cabelo com química: Como cuidar e mante-lo saudável

15/04/2020 | Sobre BELEZA, Cabelo Cacheado

Vez ou outra sentimos necessidade de mudar um pouco, seja a rotina ou só o visual mesmo. Faz parte da vida e das fases em que vamos vivendo, portanto isso é super normal e saudável. Falando em cabelo, as vezes da vontade fazer um corte novo, pintar… Mas seja como for, é necessário sempre pensar bem antes e procurar por produtos de qualidade e informações de profissionais. O cabelo com química, por exemplo, requer mais cuidados pois existe uma interferência na fibra capilar. Neste post separo algumas dicas de como cuidar e manter o cabelo saudável neste processo.

Cabelo com química: Como cuidar e mante-lo saudável

Seja qual for a química que você pretende fazer no cabelo, alisamento, tintura, relaxamento, etc. Entenda que elas agem modificando a estrutura do fio, portanto ficam mais frágeis. Mas é super possível manter seu cabelo saudável.

Um cabeleireiro profissional

É super importante saber cuidar do nosso cabelo em casa, porque não adianta o profissional deixar seu cabelo lindo em um dia e no outro seu cabelo já está super maltratado. Mas se cuidar em casa não descarta a necessidade de ir em um profissional de confiança, principalmente em se tratando de químicas.

Se você tem experiência em fazer químicas no seu cabelo em casa, tudo bem. Mas eu não aconselho. Sou de uma família de cabeleireiras, minha mãe e minhas tias são. Então na minha época de alisada, ou quando quero pintar os fios é para elas que eu recorro.

Outra coisa super importante é se abrir com o profissional, conte tudo o que faz no seu cabelo em casa e quais produtos usa. A forma como você quer que seu cabelo fique… Nunca se esqueça do teste de mecha.

Como manter o cabelo com química saudável ?

Cuidado pré-química é tão importante quanto o pós-química

Quando vamos fazer alguma química no cabelo acabamos nos preocupando sempre no que fazer depois para os fios continuarem macios e fortes. Mas saiba que além disso é necessário ter uma preparação antes, pois assim deixamos nosso cabelo forte o suficiente para passar pelo processo químico; nos dando então um cuidado pós-química melhor, saudável e um resultado mais bonito.

Antes de fazer a química, perceba o estado dos seus feios. Se você estiver com cabelo ressecado, quebrando ou com queda de cabelo, porosidade, evite fazer a química, adie este processo e se preocupe em deixar seu cabelo saudável primeiro. Mas se o estado do seu cabelo estiver bom, pode dar andamento no processo. Mesmo se ele estiver um pouco opaco, porque essa situação pode ser revertida em poucos dias no processo de pré-química.

Pré-química:

  • Faça uma reconstrução capilar entre 15 a 10 dias antes do processo químico. Mas se você já estiver feito dentro de um mês, não precisa repetir o processo.
  • Invista em uma hidronutrição pelo menos uma vez na semana. Faça 2 a 1 dia antes do processo químico. Mas se preferir você pode fazer o processo de nutrição e hidratação separadamente. Neste caso, na etapa de nutrição invista na umectação com óleos vegetais puros.

Os produtos certos

Invista em produtos de qualidade, indicados para cabelos com química. Pois eles tem todos os beneficiosos e nutrientes necessários para esse tipo de fio.

Como cuidar do cabelo quimicamente tratado

Eu amo o antiemborrachamento da Ykas, pois é um produto que pode ser usado pré e pós química, evitando danos nos fios ou reparando aquele cabelo que está danificado.

Já para o pós-química a linha de abacate da Bioextratus é maravilhosa. Pois contém abacate, jojoba e óleo de palma que juntos possuem vitamina E, antioxidante, hidro reparador, ômega 6 e 9, etc.

Shampoos que ajudam a equilibrar o PH do seu cabelo e uma boa dica. Ou use um acidificante.

Respeite o tempo de pausa

O tempo de pausa de uma química para outra é recomendado e não é a toa. Afinal, já explicamos aqui o quanto este processo interfere nos fios. Portanto essa pausa é necessária e fundamental para evitar maiores danos ao seu cabelo, como o corte químico, por exemplo.

Não misture químicas

Eu fazia isso, admito. No mesmo dia em que alisava (quando eu era adepta do alisante) eu já pintava os fios. Eu ia no embalado de já querer sair com o cabelo todo lindo do salão. Mas este não é um procedimento muito recomendado, pois pode ocorrer a incompatibilidade de químicas e deixar seu cabelo fragilizado e danificado. Aproveito para repetir aqui a importância do teste de mecha.

Cuidado!

Evite o excesso de fontes de calor, pois quando manuseados de forma inadequada podem causar danos. E falando em calor, equilibre a temperatura da água ao lavar os fios, nunca lave com água quente demais. Portanto nunca se esqueça também dos protetores térmicos. Mas aposte em produtos com filtro UV também.


Gostou das dicas? Então me conta aqui nos comentários se você tem o cabelo quimicamente tratado e como costuma cuidar deles.

Beijos!!

  • Top