Mãe de primeira viagem minhas descobertas maternas

14/10/2020 | Sobre Maternidade

Agora em outubro a Isabella já vai fazer 3 meses. Pois é, o tempo não passa, ele voa. Lembro de estar aflita pelo nascimento dela, e aqui estamos. Na gravidez eu pesquisei muito sobre maternidade, pois queria estar preparada. Mas uma coisa é certa, a gente aprende muito mais na prática. Afinal cada experiência é única. Sou mãe de primeira viagem e vim contar um pouco sobre minhas descobertas maternas. Pois sei que muitas charmosas ficam curiosas com essa minha nova fase.

Mãe de primeira viagem minhas descobertas maternas

Muitas charmosas mamães e tentantes se abriram comigo sobre maternidade. Estou amando esta troca de experiências. Afinal, crescemos e aprendemos muito juntas.

Os primeiros meses com o bebê são bem difíceis. Afinal é um novo ser humano totalmente dependente de mim. Mas além disso eu preciso apender a entendê-lo para saber o que ele quer ou precisa. Pois assim conseguirei cuidar dele. UFA!!!

Acompanhe:

Primeiro trimestre da gestação

Segundo trimestre da gestação

Terceiro trimestre da gestação

Depressão pós parto

As primeiras semanas foram bem difíceis, pois eu passei pelo baby blues.

Baby Blues: Tristeza profunda. Um sentimento de impotência e insegurança. Ocorre no pós parto.

Eu li antes do parto sobre baby blues, mas admito que não levei a sério. Só que eu tive e é absurdamente horrível. Eu fiquei exausta por causa das noites mal dormidas. Pois até o bebê se adaptar a rotina que eu criei eu dormia muito mal. Não conseguia dormir de dia junto com ela.

Eu sentia muita tristeza, não conseguia controlar. Chorava sem parar e não conseguia explicar. Sentia que não conseguiria cuidar da minha filha. Me sentia muito incapaz. Isso durou de 1 a 2 semanas. O que é o tempo que normalmente dura esta fase. Graças a DEUS passou.

Mãe de primeira viagem

É legal conversar com alguém neste período, mas alguém que te entenda. Minha cunhada me ajudou muito. Saber que ela passou por isso me deu força para pensar em coisas positivas quando a crise de choro vinha. Se necessário é legal buscar um profissional também. Minha mãe estava com medo que eu ficasse em depressão, graças a Deus isso não aconteceu.

Rotina com bebê

Descobri que rotina é tudo. O bebê vai aprender sobre o dia e a noite. Portanto é importante ter horários certos. Aqui em casa quando chega a noite eu já diminuo os luzes e abaixo os volumes. Pois assim ela entende que é o momento de relaxar e dormir. De dia é normal, o quarto continua um ambiente calmo, porém deixo iluminação e sons normais. Isso tem me ajudado muito, pois a Bella tem dormido muito melhor a noite.

A gente que é mãe de primeira viagem vive uma descoberta a cada dia. Pois sempre é algo novo né? É uma experiência maravilhosa. Eu acordo e tem uma mini pessoa, a baby charme me olhando e sorrindo. Não tem nada mais lindo que isso.

Amamentação

As mamadas são em livre demanda. O importante é não deixar o bebê durante um longo período sem mamar. Mas a Bella nunca fica tanto tempo assim sem mamar. De noite deixo ela dormir a vontade, quando ela quer mamar ela acorda e depois breve retorna a dormir. O pediatra explicou que se o seu bebê não acorda de noite para mamar, mas de de dia ele mama bem e tem ganhado peso. Então tudo Ok.

Ler sobre amamentação antes do parto é importantíssimo. Não é necessário “preparar a mama”, Deus já fez ela preparada. Ok? Ok! Na gravidez meus seios não deram sinal nenhum de leite( isso é super normal), foi Bella nascer e fazer a pega que o milagre aconteceu. Mas falando em pega… A pega correta é importante, pois o bebê faz uma boa mamada e seus seios não vão machucar.

Outro mito que ouvimos muito: Leite fraco. Miga, isso não existe. Pois o leite tem tudo o que o bebê precisa. Portanto resolvi ajudar aos bebês que por algum motivo não tiveram leite de suas mães. Estou doando leite para o banco de leite. Se quiserem saber mais, deixem suas dúvidas nos comentários.

Mãe de primeira viagem e a vaidade

Faz um tempo que não sei o que é fazer unha, mas o cabelo esta hidratado. HAHA. Vai ter dia que não vamos conseguir nos cuidar como gostaríamos. Mas o importante é não esquecermos de nós. Afinal, sou mãe, mas também sou mulher.

Cuido do meu cabelo, uso uma roupa bonita. Passo uma maquiagem… Pois é importante não se deixar de lado. Filho não é empecilho. FILHO É BENÇÃO.


Gostou de saber como tem sido essa minha nova fase? Você já é mamãe? Se identifica? Tem alguma dúvida? Então não esqueça, deixe um comentário.

Acompanhe minha rotina materna no Instagram.

Beijos!!

  • 14/10/2020

    Muito legal ver seu relato. Ainda não sou mãe, mas imagino os “altos e baixos” que devem ter. Com certeza seu post ajudará muitas mamães.

    • Simone
      16/10/2020

      Pois é tem sim, espero que ajude ♥

  • 15/10/2020

    Amei o post. É bem complicada e mágica essa fase. Não sou mãe e espero não ser pelos pr´óximos 10 anos, mas sempre cuido dos meus sobrinhos e bem legal ver a evolução e em como bebês aprendem rápido ou fazem gracinhas que não fazia até o dia anterior.
    é sempre bom ter um suporte e pessoas que entendam para passar mais fácilmente por essa fase.
    beijos

    • Simone
      16/10/2020

      Verdade, as experiências de outras mulheres ajuda muito.
      Charme-se

  • 15/10/2020

    Esse lance de baby blues não conhecia. Mas bacana que conseguiu superar isso.

    Cores do Vício

    • Simone
      16/10/2020

      Sim, graças a Deus

  • 15/10/2020

    gostei sim! Aproveita cada segundo :).
    bjs http://www.diadebrilho.com

  • Cinthya
    15/10/2020

    Ai que delicia de ler esse post, meu sonho é ser mãe. Cada mês uma descoberta diferente né, mas nem tudo são flores como você mesma contou sobre o Baby Blues. Não fazer a unha não é só coisa de mamãe viu, não faço desde quando começou a quarentena.
    Felicidades nessa nova fase.
    Um beijo!

    • Simone
      16/10/2020

      HAHA, pois é. É um desafio e também uma delícia.

  • 15/10/2020

    Adorei acompanhar a sua rotina materna, vai dar tudo certo e você já é ótima mãe.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

  • 16/10/2020

    Amei saber suas descobertas, e nem sempre temos tempo pra nós. Nesse momento o bebê precisa de atenção exclusiva mesmo mas, é uma fase rápida apesar de ser cansativa (é o que dizem) não sou mãe ainda mas, me encanto por essa fase.
    Beijos.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    • Simone
      16/10/2020

      Sim, todo mundo fala que passa muito rápido. A Bella já vai fazer 3 meses.

  • 21/10/2020

    Oi.. Ainda não sou mãe, mas gosto de ler esses relatos pra ir aprendendo.
    Que bom que a fase baby blues passou.
    Beijos

    • Simone
      26/10/2020

      Sim, graças a Deus

  • Top